'; Grupo Desportivo de Chaves
CF Belenenses 2-1 GD Chaves | Desportivo sofre reviravolta amarga nos descontos
2017-03-06 09:09:11

Valentes Transmontanos registaram mais uma boa exibição fora de portas, mas acabaram por ser castigados, já para lá do minuto 90, pela ineficácia no ataque contra um adversário difícil.



O Grupo Desportivo de Chaves deslocou-se ao Estádio do Restelo com o objetivo de conquistar mais três pontos para a sua luta pontual. Para o encontro, a contar para a 24ª jornada, Ricardo Soares rodou o onze, aproveitando para descansar vários jogadores que jogaram contra o Benfica e Vitória SC. Massaia, Davidson e Rafael Batatinha entraram para o onze inicial, enquanto Rafael Lopes, Perdigão e Nuno A. Coelho, titulares em Guimarães, ficaram de fora.



O Desportivo entrou decidido na partida e procurou o golo desde cedo, com Fábio Martins a atirar à baliza local aos 8 minutos, com o guarda-redes a defender para a frente, mas a bola foi aliviada pela defesa. Batatinha também ameaçou as redes do Belenenses aos 21’, mas o brasileiro não conseguiu rematar à baliza após uma boa jogada individual. Aos 24 minutos, novo lance no ataque flaviense, mas Pedro Queirós acabou por disparar muito por alto.



O Belenenses ainda tentou assustar António Filipe aos 28 minutos, mas o guarda-redes azul-grená defendeu o cabeceamento de Gonçalo Silva. Na sequência do canto, os locais ainda conseguiram rematar à baliza, mas o guardião do Desportivo segurou a bola.



O Chaves continuou a carregar sobre a baliza de Cristiano e procurou a todo o custo chegar ao intervalo em vantagem. Aos 40 minutos, Batatinha conseguiu fazer o remate após recuperar a bola à entrada da grande área adversária, mas o guarda-redes local respondeu com uma grande defesa. Dois minutos depois, foi Fábio Martins que cabeceou, mas o guarda-redes do Belenenses voltou a defender.



Mas tantas vezes o Desportivo de Chaves foi à baliza adversária, que acabou mesmo por marcar aos 44’, com Pedro Tiba a disparar forte de fora da área, a bola sofreu um desvio num defesa belenense e entrou na baliza, deixando os muitos adeptos flavienses presentes no Estádio do Restelo eufóricos.



No segundo tempo, o Desportivo não baixou os braços e continuou a ameaçar a baliza contrária e aos 56 minutos esteve muito perto de fazer o segundo golo quando Davidson, após cruzamento de Fábio Martins, cabeceou à baliza, mas o esférico passou a milímetros do poste.



Com o passar dos minutos, o jogo foi ficando mais equilibrado e a equipa de Belém tentou aproveitar o cansaço acumulado pelos Valentes Transmontanos. Aos 65 minutos, Miguel Rosa visou a baliza de António Filipe num livre direto, mas o guardião flaviense estava atento. No entanto, aos 70 minutos os azuis do Restelo conseguiram o empate por Maurides, que cabeceou após um livre.



O Chaves ainda foi tentando de uma forma ou de outra atacar a baliza do Belenenses, mas a equipa da casa acabou por conseguir a reviravolta já ao cair do pano, na sequência de um contra-ataque.



Após esta derrota, o Grupo Desportivo de Chaves termina a jornada 24 da Primeira Liga em sétimo lugar com 32 pontos. No Estádio do Restelo, o conjunto azul-grená contou com o apoio de várias centenas de Valentes Transmontanos, que sempre incentivaram a equipa na procura de um resultado melhor.



Colaborador: João Alves

Galeria

 
Parceiros