'; Grupo Desportivo de Chaves
GD Chaves 3-1 Vitória SC | É duro cair assim…
2017-04-05 17:37:18

Valentes Transmontanos fizeram uma excelente exibição e estiveram perto de uma remontada impressionante, mas um penálti falhado fez o sonho do Jamor esfumar-se.


Num estádio Municipal a rebentar pelas costuras, o Desportivo procurava alcançar uma reviravolta épica na eliminatória após a derrota por 2-0 em Guimarães. Ricardo Soares fez três alterações ao onze em relação ao jogo contra o Paços de Ferreira, com António Filipe, Ponck e Bressan a serem titulares.


O jogo começou praticamente com o primeiro golo azul-grená. Perdigão recebeu bola à entrada da área e disparou colocadíssimo para um golo fantástico logo aos 40 segundos.


O Vitória tentou responder, mas quer Hernâni aos 7 minutos, quer Hurtado aos 17’ foram parados por António Filipe. Quem acabou por marcar foi mesmo o Desportivo, após um livre na esquerda de Bressan que acabou por não sofrer nenhum desvio e a bola acabou no fundo das redes, empatando a eliminatória.


Aos 36 minutos, novo livre na esquerda, cruzamento de Bressan e a bola a ser desviada para o fundo das redes por Rafa, mas o avançado flaviense estava fora de jogo.


Antes do intervalo, houve um calafrio para os flavienses quando, após confusão na grande área, um jogador visitante ficou com a bola à frente da baliza deserta, mas os defesas do Chaves conseguiram cortar a bola e aliviar o perigo.


Na segunda parte, o Chaves conseguiu mesmo dar a volta à eliminatória aos 63 minutos. Bressan voltou a bater um livre e a bola foi parar à cabeça de Nuno André Coelho que a desviou para o fundo das redes, levando o Municipal à loucura.


No entanto, dois minutos depois e após confusão na grande área azul-grená, Marega atira a bola ao poste e, na recarga, o avançado vitoriano marcou mesmo, colocando o Chaves fora da final da Taça.


Os 20 minutos finais foram de grande emoção e calafrios em ambas as áreas. Aos 80’, António Filipe fez a defesa da noite após um remate de fora da área. Já o Desportivo contou com um remate de fora da área de Braga, mas a boa passou ao lado da baliza.


Aos 90 minutos, Davidson é carregado dentro da área visitante e os Valentes Transmontanos contaram com um precioso penálti à beira do fim, mas Braga não conseguiu ultrapassar Douglas, mantendo-se um 3-1 até ao final da partida e o Chaves fica fora da final por causa dos golos fora.


Com a eliminação na meia-final, termina o sonho azul-grená de regressar ao Jamor sete anos depois, numa caminhada que contou com a eliminação de União da Madeira, FC Porto, Torreense e Sporting por parte do Desportivo. Estiveram no Estádio Municipal Eng° Manuel Branco Teixeira 7230 Valentes Transmontanos a apoiar a equipa com todas as suas forças.


Colaborador: João Alves

Galeria

 
Parceiros