BENFICA 1 GD CHAVES 0

Hugo Souza, guardião flaviense, foi travando as oportunidades que as águias foram criando, além de ter sido responsável por defender três grandes penalidades, uma de Di Maria e duas de Arthur Cabral, embora as duas últimas tenham sido mal assinaladas.

E foi da cabeça de João Neves que surgiu o desvio a um livre do argentino Di Maria e estava feito o 1-0,  decorridos que estavam 68 minutos, num lance em que a posição de Arthur Cabral, em fora de jogo, atrapalhou a visão de Hugo Souza.

Na parte final do encontro, os transmontanos assustaram as redes de Truvin com cabeceamentos de Jô Batista e Héctor.